Rosa na mão de mulher_Terrárea

No início do século passado houve um grupo de mulheres trabalhadoras que olhou para o mundo. “Sim, queremos pão, mas também queremos rosas”, resumiram. O Dia da Mulher, apropriou-se deste simbolismo. Será que ainda hoje faz sentido?

O pão lembra sobrevivência. Lembra as formas e as dificuldades de manter uma vida estável. A rosa leva-nos para sonhos mais altos, nada despropositados. A qualidade de vida não é só o pão que nos servem à mesa. O direito ao lazer, ao bem-estar, à liberdade de preconceitos e ao poder de decisão são indicativos que devem ser considerados, sem nunca baixar os níveis de alerta.

Por isso, sim, faz sentido. Uma rosa por cada mulher que continua sem igualdades. Por cada uma que vive com medo e sem segurança. Por cada Mãe e cada Avó que duplicam o amor, sem que reste algum para elas. Por cada uma que lutou por uma história com um final feliz e outras tantas que ainda não desistiram.

Neste dia, homenageando as mulheres mais importantes das nossas vidas, estamos a olhar por todas. Agraciamos o feminino e procuramos um mundo melhor.

Ofereça flores.
Explique porquê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Add to cart